Parâmetros sedimentares e biogeoquímicos de mudanças do uso da terra em Alta Floresta (MT)

  • Alice Bosco Santos Programa de Pós-Graduação, Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP
  • Gabriel S. Martins Programa de Pós-Graduação, Departamento de Geoquímica, Universidade Federal Fluminense
  • Renato Campello Cordeiro Departamento de Geoquímica, Universidade Federal Fluminense
  • Renato A. R. Rodrigues Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Agrosilvopastoral, Sinop-MT
  • Marcela C. G. Cardoso Programa de Pós-Graduação, Departamento de Geoquímica, Universidade Federal Fluminense
  • Bruno Turcq Institut de Recherche pour Développement (IRD-LMTG-HYBAM), Bondy, France
  • José Carlos C Seone Departamento de Geologia (IGEO), Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ

Abstract

A incorporação de novas áreas pelas frentes pioneiras modificou o padrão do uso do solo por conseqüência da ocupação humana. O município de Alta Floresta, no norte do estado do Mato-Grosso, sofreu impactos ambientais por conseqüência das mudanças no uso da terra nos últimos 30 anos. Para avaliar esses impactos e correlacioná-los com à ocorrência e dimensão de incêndios na região, utilizou-se parâmetros como a composição da matéria orgânica, granulometria e quantificação de partículas de carvão depositados no registro sedimentar de testemunho curto, em barragem artificial. O testemunho SSW 150 apresenta uma alteração na energia do ambiente deposicional em 19 cm de profundidade devido a construção de uma rodovia próxima ao local de coleta em meados da década de 90 e a pré-disponibilidade geomorfológica da região. A origem da matéria orgânica não foi alterada sendo que durante todo o perfil a vegetação corresponde a plantas C3, com valores de

δ13C extremamente negativos e razão C/N de grande amplitude. Altos valores de C/N junto à fração granulométrica encontrada da base até 19 cm do testemunho caracterizam solo Podzólico Vermelho-Amarelo associado a Areias Quartzosas Álicas e Hidromórficas. As condições geomorfológicas foram responsáveis pelas condições de hidromorfismo encontrado no local, ocasionando o encharcamento do solo. Eventos intensos de queimadas estão registrados após 20 cm, relacionado a queima de biomassa provocado pelos processos de mudança do uso da terra. A conversão da floresta, ou seja, o aumento da área de pastos e lavouras através do desmatamento é o maior agente impactante na região amazônica.

Palavras-chaves: Amazônia, Mudanças do uso da terra, queimadas

Downloads

Download data is not yet available.
Published
30-09-2013
How to Cite
Santos, A. B., Martins, G. S., Cordeiro, R. C., Rodrigues, R. A. R., Cardoso, M. C. G., Turcq, B., & Seone, J. C. C. (2013). Parâmetros sedimentares e biogeoquímicos de mudanças do uso da terra em Alta Floresta (MT). Geochimica Brasiliensis, 27(1), 87. https://doi.org/10.21715/gb.v27i1.349
Section
Articles